Topo
Roblog

Roblog

Categorias

Histórico

Pesquisadores criam robô que te alimenta toda vez que você sorri

UOL Tecnologia

2029-11-20T18:04:00

29/11/2018 04h00

por Felipe Germano, colaboração para o UOL

A iniciativa tem como objetivo analisar os efeitos de brincadeiras na hora de comer

Se você quer causar intriga, leve sua mãe ao Instituto Real de Tecnologia de Melbourne, na Austrália, e peça para ela dizer lá que "com comida não se brinca". Dificilmente irão concordar. Muito pelo contrário, os australianos estão fazendo de tudo para provar que essa teoria está completamente errada.

A última tentativa veio por meio de um projeto inusitado: um grupo de pesquisadores desenvolveu um braço mecânico que te dá comida toda vez que você dá um risinho – tudo isso para ver quais são os efeitos de uma brincadeirinha na hora de bater um prato.

O projeto foi batizado de Arm-A-Dine (um trocadilho com a palavra "arm", que significa tanto "braço", quanto "armar", com o resto da frase "um jantar"). E consiste, basicamente, em um colete que acopla não só o tal braço mecânico, como um celular.

Quem veste o traje deve ficar próximo de um prato com pequenos alimentos, fáceis de serem pegos, como morangos, uvas ou chocolates. O aparelho telefônico, então, utiliza sua câmera para espiar quem para à sua frente. Um software de detecção facial, instalado no celular consegue computar se o visitante está com o rosto neutro, triste, ou sorrindo. Se o que ocorrer for o terceiro caso, ele envia um sinal para a placa controladora do braço, que faz a ferramenta encontrar um alimento, e logo em seguida, colocá-lo próximo à boca do participante.

Veja-o em funcionamento abaixo:

A máquina ainda consegue ter uma função altruísta, quando colocadas em pares, os celulares mandam sinais entre si, servindo como uma espécie de espelho. Assim, o robô consegue enxergar as expressões não só de quem está à sua frente, mas como de quem também está efetivamente usando o colete – fazendo com que o usuário possa usar o braço para levar a comida à sua própria boca.

A ideia do projeto, de acordo com seus desenvolvedores é explorar uma nova forma de relacionar a tecnologia com a comida.

"Há um movimento crescente na relação entre computadores e alimentação, no entanto, até agora, a maior parte das ações focava na preparação ou apresentação do alimento – e não na ação de se alimentar propriamente dita", afirmam os pesquisadores no vídeo de apresentação do produto.

De acordo com os criadores, essa abordagem tecnológica por trás da alimentação pode trazer até mesmo benefícios para a saúde.

"Estudos passados já cravaram que quando não se presta atenção no que está comendo, há uma maior probabilidade de ingerir alimentos que fazem mal à saúde", afirmou Rohit Khot, diretor Adjunto do Laboratório de Jogos da Universidade e um dos autores do projeto.

"Nosso projeto conseguiu, por meio da brincadeira, aumentar a percepção dos participantes sobre as comidas que estavam em jogo", completa. "Nossa esperança é que esse trabalho inspire futuras explorações à respeito da comida e diversão, num futuro, contribuindo para nossa maior compreensão da relação entre brincadeiras e comida", afirma o time de pesquisadores.

Pelo menos na Austrália, brincar na mesa está liberado.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Blog

O Roblog é a casa dos robôs mais fofos, descolados e curiosos desse mundão doido. É produzido pela equipe do UOL Tecnologia.