Topo
Roblog

Roblog

Categorias

Histórico

À venda, assustador cão-robô da Boston poderá mostrar seus reais usos

UOL Tecnologia

28/09/2019 04h00

Spot é o cão-robô da Boston Dynamics

Spot é um robô quadrúpede que se parece com um cachorro meio assustador. Fabricado pela Boston Dynamics, o cão-robô foi apresentado em 2015, quando ainda estava em desenvolvimento, em uma série de vídeos que bombaram na internet. As pessoas ficaram intrigadas e um tanto apavoradas com aquele bicho-máquina que dançava, andava na grama, abria portas, rebocava carros e fazia outras atividades.

Enfim, Spot poderá ser comprado. Mas, não por mim, ou por você, ou por qualquer outra pessoa que queira trocar seu amiguinho real de quatro patas que late e faz xixi no tapetinho. O uso do cão-robô será outro. Na última terça-feira (24), a Boston Dynamics anunciou que as empresas interessadas em adquirir o robô poderão se cadastrar em um site e deverão explicar quais usos farão dele.

A ideia é que Spot seja usado em construções e instalações de gás e energia, por exemplo. No anúncio, a Boston Dynamics também lançou um vídeo em que mostra o cão-robô pegando objetos em uma obra, caminhando em um dia de tempo ruim, entre outras atividades. Aliás, o robô consegue correr sozinho em uma velocidade de até 1,6 m/s e conta com uma câmera de 360° que dá a ele visão completa. A máquina também promete ser a prova d'água e de poeira e operar em temperaturas que variam de -20°C até 45°C.

Tá, parece incrível, mas, além de pegar peso e correr, qual pode ser a real utilidade de Spot? Essa é a grande dúvida. A empresa, pelo jeito, também está curiosa. Tanto é que, quem tiver interesse em comprar o cão-robô, terá de detalhar qual é o uso pensado para ele. Aliás, a Boston Dynamics não quis divulgar o preço do seu robô, mas especialistas acreditam que irá custar tanto quanto um carro de luxo, ou seja, vários milhares de dólares.

Pelo menos uma empresa já revelou interesse em comprar o Spot. Mas não é nenhuma fábrica. O Cirque du Soleil quer o robô em seus espetáculos. Mas mesmo eles ainda não sabem ao certo como usar o Spot e afirmaram estar ainda em um estágio de avaliação do potencial do cão-robô na indústria do entretenimento.

O estoque de Spots também é limitado. A Boston Dynamics consegue produzir até mil até o fim do ano. Pelo jeito, a empresa quer que o usuário descubra sozinho para que o Spot pode ser útil e assim ajude a desenvolver ainda mais o robô.

A Boston Dynamics também produz outros robôs. O Spot tem até um, digamos, irmão menor, o SpotMini, que também tem previsão de começar a ser vendido neste ano. Outro robô assustador é o Atlas, que corre quase como um humano.

A empresa surgiu em 1992 pelas mãos de Marc Raibert, professor de Engenharia Elétrica e Ciências da Computação no Massachusetts Institute of Technology (MIT) entre 1986 e 1995. A princípio focada em software de simulação, a Boston acabou pendendo para uma das expertises de Marc, a mobilidade de robôs.

Em dezembro de 2013, o Google comprou a Boston e a empresa foi incorporada ao portfólio de robótica da Alphabet. No entanto, em meados de 2017, a Alphabet vendeu a Boston para o conglomerado japonês SoftBank.

Sobre o Blog

O Roblog é a casa dos robôs mais fofos, descolados e curiosos desse mundão doido. É produzido pela equipe do UOL Tecnologia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Roblog